SOBRE

SOBRE

Milhares de esp√©cies s√£o descritas pela ci√™ncia todos os anos, a maioria delas nas regi√Ķes tropicais. Embora pare√ßa inesgot√°vel, o manancial da biodiversidade √© fr√°gil e dele depende ‚Äď literalmente ‚Äď o futuro da humanidade. Para mostrar essa rede de interdepend√™ncias foi constru√≠da a plataforma Hiperdiversidade, projeto da Rede Amaz√īnia Sustent√°vel (RAS) desenvolvido em parceria com a Ambiental Media. Nossa inten√ß√£o com este projeto foi destacar o papel fundamental do Brasil para a manuten√ß√£o da biodiversidade mundial, al√©m de contribuir com esfor√ßos que nos ajudem a compreender a hiperdiversidade dos biomas tropicais no planeta.

A principal base de dados para os mapas, gr√°ficos e infogr√°ficos desta plataforma √© o artigo ‚ÄúThe future of hyperdiverse tropical ecosystems‚ÄĚ, publicado em julho de 2018 na revista Nature, com autoria de Jos Barlow (et al), da Universidade de Lancaster (Reino Unido).

Agradecemos às seguintes fontes por fornecerem os dados: BirdLife International, União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN), Ocean Biogeographic Information System, C. Veron para corais zooxantelados, o Programa de Grande Escala da Biosfera-Atmosfera (LBA) e o National Environment Research Council NE/P004512/1 para aves florestais, Fundo John Fell para aves de savana, Programa Pew Marine Fellows da The Pew Charitable Trusts e Conselho Brasileiro de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) (PELD 441659/2016-0).

Rede Amaz√īnia Sustent√°vel (RAS)

A RAS foi criada em 2009 com o objetivo de gerar e aplicar evid√™ncias cient√≠ficas que ajudem a fortalecer os resultados de sustentabilidade na regi√£o amaz√īnica. A RAS √© coordenada por pesquisadores da Embrapa Amaz√īnia Oriental e Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/USP (Brasil); Universidade de Lancaster, Universidade de Oxford e Universidade Metropolitana de Manchester (Reino Unido); Instituto Ambiental de Estocolmo/SEI (Su√©cia). Mais de 100 pesquisadores e estudantes integram a RAS, com atua√ß√£o em diferentes linhas de pesquisa e foco em extrair dados sociais, econ√īmicos e ambientais da Amaz√īnia voltados para o uso da terra, a conserva√ß√£o da floresta e o desenvolvimento sustent√°vel da regi√£o. Visite o site: https://www.rasnetwork.org/

Ambiental Media

Transformamos conte√ļdo cient√≠fico em jornalismo inovador, atraente e acess√≠vel. Trabalhamos pela dissemina√ß√£o da ci√™ncia para o p√ļblico geral e pelo fortalecimento do jornalismo cient√≠fico independente no Brasil. Visite o site: https://www.ambiental.media

COMIT√ä GESTOR DA REDE AMAZ√ĒNIA SUSTENT√ĀVEL (RAS)

Joice Ferreira

√Č pesquisadora da Embrapa Amaz√īnia Oriental, bi√≥loga, cofundadora da Rede Amaz√īnia Sustent√°vel (RAS) e professora associada a cursos de p√≥s-gradua√ß√£o da Universidade Federal do Par√°. Realiza pesquisas na Amaz√īnia h√° 20 anos, abrangendo a busca de solu√ß√Ķes para conciliar conserva√ß√£o ambiental, agricultura e uso de florestas.


Jos Barlow

Professor de Conserva√ß√£o na Universidade de Lancaster, no Reino Unido, e cofundador da Rede Amaz√īnia Sustent√°vel (RAS), integra o corpo docente de cursos de p√≥s-gradua√ß√£o da Universidade Federal do Par√° e lidera v√°rios projetos de pesquisa na regi√£o de Santar√©m. Trabalha na Amaz√īnia brasileira desde 1998.


Toby Gardner

Pesquisador s√™nior do Instituto Ambiental de Estocolmo (SEI, na sigla em ingl√™s), onde √© um dos l√≠deres da Iniciativa de Sustentabilidade de Produtor para Consumidor e a rec√©m-lan√ßada plataforma Transpar√™ncia para Economias Sustent√°veis (Trase). Acumula 15 anos de experi√™ncia com sustentabilidade dos usos da terra nos tr√≥picos. Trabalha extensivamente na Amaz√īnia brasileira, sendo um dos fundadores da Rede Amaz√īnia Sustent√°vel.


Alexander Lees

√Č professor de Ecologia Tropical na Universidade Metropolitana de Manchester, no Reino Unido, e pesquisador associado no Laborat√≥rio de Ornitologia da Universidade Cornell, nos Estados Unidos. Atua na Amaz√īnia desde 2004, com particular interesse em ecologia, evolu√ß√£o e conserva√ß√£o das aves tropicais.


Erika Berenguer

Pesquisadora s√™nior nas Universidades de Oxford e Lancaster (Reino Unido), especializada em florestas tropicais. Seus estudos se concentram na compreens√£o de como os dist√ļrbios causados pelo ser humano levam √† degrada√ß√£o das florestas tropicais, especificamente seus efeitos sobre os estoques de carbono e a diversidade de plantas na Amaz√īnia brasileira.


Cecília Leal

Bi√≥loga, pesquisadora da Universidade de S√£o Paulo (USP), campus Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALq). Iniciou sua atua√ß√£o na Amaz√īnia durante o doutorado pelas Universidades Federal de Lavras (MG) e de Lancaster (Reino Unido), em 2009. Entre 2016 e 2018, foi pesquisadora do Museu Paraense Em√≠lio Goeldi, em Bel√©m (PA). Em uma d√©cada de pesquisas na Amaz√īnia, tem investigado os impactos das atividades humanas na biodiversidade dos igarap√©s, como s√£o chamados os pequenos rios amaz√īnicos.


Filipe França

Bi√≥logo, pesquisador s√™nior na Universidade de Lancaster (Reino Unido). Investiga insetos na Amaz√īnia Brasileira desde 2008, quando visitou florestas e savanas na regi√£o pela primeira vez. Durante o doutorado pelas Universidades Federal de Lavras (MG) e de Lancaster, investigou como as atividades humanas influenciam a diversidade de besouros escaravelhos e os processos ecol√≥gicos que eles realizam. Entre 2018 e 2020, foi pesquisador da Embrapa Amaz√īnia Oriental e da Universidade Federal do Par√°.

EQUIPE DE M√ćDIA

Thiago Medaglia ‚Äď Coordenador e Editor

Jornalista e escritor, √© o fundador da Ambiental Media. Foi editor da revista National Geographic Brasil, fellow no Programa Knight de Jornalismo Cient√≠fico do MIT 2020 e palestrante nas duas √ļltimas edi√ß√Ķes da Confer√™ncia Mundial de Jornalistas Cient√≠ficos (WCSJ, 2017 e 2019).


Ronaldo Ribeiro ‚Äď Redator

Editor sênior da revista National Geographic Brasil por duas décadas, foi fundador e editor da revista Os Caminhos da Terra, pioneira na cobertura de ecoturismo e conservação ambiental no Brasil. Ao longo de sua carreira, Ronaldo foi autor de reportagens em 30 países e em todos os estados brasileiros.


Gareth Lennox ‚Äď Bases de Dados Cient√≠ficos

Gareth √© Pesquisador S√™nior no Centro Ambiental da Universidade de Lancaster (Reino Unido). Ele completou seu doutorado em ecologia te√≥rica na Universidade de Sheffield, em 2015; tem um diploma de gradua√ß√£o em matem√°tica; e um mestrado em ecologia pela Universidade de St. Andrews. Gareth tem interesse, sobretudo, em quest√Ķes que conectam a divis√£o te√≥rico-emp√≠rica para descobrir m√©todos inovadores de conserva√ß√£o da natureza.


Let√≠cia Maria Klein Lobe ‚Äď Reportagem

Jornalista especializada em meio ambiente, Let√≠cia √© uma das principais rep√≥rteres-colaboradoras da Ambiental Media. Autora do blog Sustenta A√ß√Ķes (sustentaacoes.com), j√° publicou reportagens na National Geographic Brasil (site), Mongabay, Conex√£o Planeta e Projeto Colabora.


Alan Azevedo ‚Äď Reportagem

Formado em Jornalismo pela PUC-SP em 2013, trabalhou no terceiro setor, em organiza√ß√Ķes como Greenpeace e ISA – Instituto Socioambiental, cobrindo a pauta socioambiental. Atualmente trabalha na cobertura de resposta humanit√°ria, como jornalista da Ag√™ncia da ONU para Refugiados (ACNUR).


Flavio Forner ‚Äď Web Design

Fotojornalista e programador web. Atuou em projetos para National Geographic e os jornais The Washington Post, Los Angeles Times, The Guardian, Deutsche Welle, O Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulo; canais BBC e TV Cultura. Premiado pela Society for News Design em 2010.


Jo√£o Marcos Rosa ‚Äď Fotografia

Formado em jornalismo, o fot√≥grafo Jo√£o Marcos Rosa se especializou em registrar temas ligados √† vida selvagem e √† conserva√ß√£o, trabalhos que o levaram a correr o mundo atr√°s de boas e fascinantes hist√≥rias. Colabora com as revistas National Geographic Brasil, BBC Wildlife, GEO e Terra Mater. Autor dos livros ‚ÄúHarpia‚ÄĚ e ‚ÄúFauna de Caraj√°s‚ÄĚ, vive em Nova Lima (MG) e √© um dos s√≥cios da ag√™ncia Nitro Imagens.


Caroline Donatti ‚Äď Divulga√ß√£o e Relacionamento

Possui experi√™ncia na √°rea de planejamento e execu√ß√£o de campanhas de comunica√ß√£o sobre florestas tropicais, mudan√ßas clim√°ticas, agricultura e energias renov√°veis para v√°rios p√ļblicos-alvo. Tamb√©m j√° elaborou e implementou diversos projetos de campanha com foco internacional. Trabalhou no Greenpeace e no WRi Brasil e atua hoje como freelancer.


Café.art.br РInfografia

Est√ļdio de design da informa√ß√£o. A Caf√© combina design e tecnologia para conceituar, projetar, desenvolver e entregar visualiza√ß√Ķes de dados interativas, dashboards, infogr√°ficos e sites para parceiros e projetos que est√£o alinhados √† Agenda 2030 da ONU para o Desenvolvimento Sustent√°vel. Trabalhamos lado a lado com a Ambiental Media no entendimento do conte√ļdo e da mensagem a ser transmitida. A partir da compreens√£o dos dados usamos todo o poder do design para comunicar o assunto da melhor forma poss√≠vel, removendo ru√≠dos e trazendo foco para o que √© mais importante.